Filed under Poesia

Aquela Melodia Amarga

Ainda sinto o gosto Daquela melodia amarga Que você me deixou. Ainda sinto as minhas marcas. Que voltou pra onde tudo começou. Eu tento me livrar delas. Mas acabo me empurrando para elas. Pra onde tudo começou. Estou tentando me desfazer das lembranças. Mas ainda me agarro em esperanças. Esperanças que se desfazem E depois … Continue lendo

Sem Rumo

O que eu faço com esse amor que está guardado no meu peito? Gostaria que você me indicasse o caminho. Não me confundisse os pensamentos. O que eu faço com os meus sentimentos? Tento não perder o foco. Tento me concentrar no que importa. Aí o seu rosto aparece em minha mente. Me desconcentro. Me … Continue lendo

Domingo Feliz

E hoje é domingo. E eu não quero peso. E eu não quero choro. Quero a leveza da brisa. A leveza do azul celeste. Eu quero paz e alegria. Eu quero sorrisos. Palavras bonitas. Belas canções. Eu quero celebrar o doce da vida. Adriana Freitas A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria … Continue lendo

Era Só Vontade

Louco de desejo. Ardente em pensamentos. Os sonhos se vão. E nada mais que beijo. Foi o que pediu. Era só vontade. Nada mais. Sem promessas. Nada mais. Era o que queria ser. Conquistado por aquele que se queria. Era o que pedia. Um amor pra todo dia. Mas não se mexia. Só pedia. E … Continue lendo

Avisos II

Eu me recuso a te perder. De todos que conheci Você é o único que não quero esquecer. A gente às vezes não sabe quando é a despedida. Eu tenho medo de já ter tido a nossa. E você bem que poderia ter me avisado. Eu não desisto sem um adeus. Você precisa olhar nos … Continue lendo