Filed under Poesia

O Sol

O sol abrasa a pele. Colore o corpo. Deixando-nos com a cara do verão. Anima os ânimos. Convida o espírito a um mergulho. A um passeio ao ar livre. Ou apenas contempla-lo à beira de uma sombra. O sol no verão Queima. Esquenta o juízo. E mesmo assim esperamos ansiosamente por ele. Ao seu primeiro … Continue lendo

Aproveitando O Caminho

Não crio expectativas. Talvez por medo de me decepcionar. Mas espero sempre o melhor. Acredito sempre no melhor. Sou otimista Mas não iludida. Sei da realidade. Sei que nem tudo é do jeito que gostaríamos. Mas espero sempre o melhor. Das pessoas. Das situações da vida. Espero sem cansar. Não mirando o fim. Mas aproveitando … Continue lendo

Enquanto Te Esperava

Eu te esperei pra dançar. E as horas chegaram e logo foram embora. E eu te esperando pra dançar. Gastando assim o meu batom. A minha roupa nova. Exercitei a paciência. Entre um gole e outro de whisky. Puro e sem gelo. Pratiquei meditação. Engolindo o meu choro. Para não arranhar minha garganta. E nada … Continue lendo

De Graça

Eu te amo de graça. Porque o amor não exige cobranças. Do amor é só amor e mais nada. Sem pretextos ou explicações. O amor é praticado de graça. É apenas sentimento. Sem começo e sem fim. Ele pode ter várias caras. Mas no final é só uma. Sem pagas. Sem mágoas. Sem nada. O … Continue lendo

Beijos e Bailados

Bailo o meu corpo em cor. Movimentos soltos e leves Como brisas do mar. Meu corpo baila suave e sem pressa. Parecendo folhas da primavera. Paz no espírito. Belezas realçadas sem espelho. O corpo carrega lembranças. Saúda o outro com um simples E singelo beijo. Adriana Freitas A reprodução do texto está autorizada desde que … Continue lendo