A Minha Menina


Eu fiz de tudo para que fosse uma noite especial.
Eu lhe dei tudo o que queria.
A minha intenção era fazê-la feliz.
Ela era a minha menina.
E para ela entreguei a minha vida.
Fiquei a deriva.
Perdido em suas mãos.
Entreguei o meu amor.
E era apenas uma menina.
Ela me machucou sem piedade.
E eu que era homem feito.
Fiquei a deriva.
Como um menino.
Perdido no tempo.
Adriana Freitas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s