Lembranças III

O tempo que passou. Lembranças. Os ventos que sopraram pra longe. Lembranças. Histórias contadas. Lembranças. Aquela melodia que não sai da cabeça. Lembranças. Aquele rosto que não sai da cabeça. Lembranças. A saudade tem dessas coisas. O tempo vem e vai. E a gente se perde em lembranças. Adriana Freitas A reprodução do texto está … Continue lendo

Dança da Solidão

Solidão de quem dança só. Passos lentos. Cantos únicos. Vontades que se perdem. Solidão nem sempre é falta de companhia. Às vezes é vontade. Estado de espírito. É a tentativa de fuga do ser. Ou desejos confusos. Solidão vem e vai. Nem sempre se chama. Nem sempre se deseja. Às vezes é só mais uma … Continue lendo

Felicidade II

Ser feliz não custa caro. Não é preciso o ter. Para ser feliz é apenas permitido ser. O ter já é outra coisa. Adriana Freitas A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Ventos

Ventos sopram na direção certa. Atenuam o calor. Deixando a alma desperta. Ventos levam os distraídos. Surpreendem com seus movimentos. Soltam folhas. Levantam saias. Dispersando os pensamentos. Ventos abrandam. Mesmo na desordem. Não importa a direção que soprem. Os ventos sempre nos darão sorte. Adriana Freitas A reprodução do texto está autorizada desde que a … Continue lendo

Só Mais Uma Alma

Eu sou mais uma alma atormentada. Por uma lembrança de um amor que nunca existiu. Eu sou mais uma pessoa que sonha Em ter o que nunca lhe pertenceu. Sonhando e inventando situações Que nunca aconteceu. Faz do passado um estilo de vida. Faz do futuro Um acalento para alma. Esquece o presente. E só … Continue lendo