Era uma vez uma menina

era uma vez uma menina

Era uma vez uma menina que não parava de sonhar. Aos 5 anos sonhava em ser baliza de desfile escolar. Aos 7 sonhava em ser princesa. Aos 15 sonhava em ser artista. Mas não foi uma coisa, nem outra. Os dias iam passando e nada lhe acontecia. Passava todas as noites rezando. Implorando ao pai que lhe fosse concedido o seu desejo. Mas nada de novo acontecia. E com um belo dia, já perto de completar 30 anos, ela resolveu parar de sonhar. Ela resolveu fazer um concurso público.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s