É muito tarde

A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

É muito longe pra sentir amor.
E perto de mais para não encontrar a dor.
É muito cedo pra se falar em esquecimento.
Tarde de mais pra não guardar ressentimento.
É muito fácil falar da dor.
Díficil é sentir amor.
Depois de tanto tempo esperando.
Depois de tantas noites chorando.
Mas o díficil acontece.
O fácil já nem é preciso falar.
Por que não consigo consertar os erros do passado?
Antes tenho que descobrir onde tenho errado.
O amor se perdeu.
Eu sei que aconteceu.
Só não consigo achar.
Ele ficou escondido em algum lugar.
Aquele amor murchou.
Mas ainda não morreu.
Ele precisa ser regado.
Para amolecer a parte que endureceu.
Não é mais cedo para se querer coisas.
E não é tarde para se duvidar.
Eu posso falar a mesma coisa.
Mas ainda não parei de te amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s