Corpo a corpo

Corpo a corpo
Corpos cintilantes.
Desejos oscilantes.
O que mais poderá acontecer?
Quando os pensamentos distantes.
Permanecem soltos.
E o que se mantém presente.
É apenas corpo.
Nada mais.
Como manter o respeito?
O mais importante.
Sentir o desejo.
Por um corpo vazio?
Que tem apenas carne.
Nada de mais.
Como se acenderá o fogo?
Como uma fogueira acenderá
Se antes não riscar o fósforo?
É muito mais que carne.
É muito mais que osso.
Não é só corpo a corpo.
É o todo.
A cabeça e o resto.
Que se liga ao eixo.
Que se sente completo.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s