A noite no meu quarto

noite
De manhã encontro a rua.
Esquina cheia de pessoas.
Que correm de um lado a outro.
Mas cada um na sua.
Procuro diversão.
Preencher qualquer espaço.
Evitar ao máximo a noite no meu quarto.
Desilusão.
Encontro pessoas.
Faço parte de suas superficiais intimidades.
Deixo o meu corpo cansado.
Dançando ao meio da multidão.
Passo horas frente a emoções vazias.
Evitar o meu quarto.
Para retardar a solidão.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s