Mais do Mesmo

Mais do mesmo
Eu não quero que o novo se perca de novo
Mais uma vez.
Eu não quero gostar de um novo sabor a cada estação.
Eu não quero ter que precisar
Esquecer o passado.
Eu quero viver o presente.
Eu quero a rotina que tanto entedia.
Eu quero enjoar do mesmo sabor.
Poder sossegar.
Não ter mais que procurar
E nem ser encontrada.
Eu quero o sossego dos teus braços.
O som do teu sorriso.
Eu quero ter um filho contigo.
Eu quero o mais do mesmo.
É só o que preciso.
É do teu aconchego.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s