A Cor da Saudade

a cor da saudade
Os seus olhos tem a cor da saudade.
Invade o peito
E consome tudo por dentro.
O seu sorriso distante
Invade os ouvidos.
Queimando tudo por dentro.
A sua mão áspera
Já não percorre mais o meu corpo.
A sua saliva doce
Não se mistura mais com a minha.
A dor no peito é constante.
Vontade de correr com o tempo.
Quem sabe a gente se reencontre.
Quem sabe a gente retorne
De onde tudo parou.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s