Inquietudes

inquietudes
Sem paciência para criar ilusões.
Os pensamentos vêm e se dispersam.
Tento me concentrar em algo.
Quando dou por mim.
Já percorri milhões de lugares.
E nem saí do lugar.
Já conversei com milhões de pessoas.
E não disse uma palavra.
Meus pensamentos divagam.
Procuram um ponto que o faça querer ficar.
Nada o prende.
Nada o chama atenção.
A inquietude veio para ficar.
Não sei até quando.
Só sei que por mais que eu tente.
Eu não consigo parar de pensar.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s