O Silêncio

O Silêncio
Às vezes o silêncio é a resposta.
Às vezes o silêncio agride mais.
Às vezes o silêncio é o bater a porta.
Às vezes o silêncio é o nunca mais.
Quando as palavras se fazem necessárias
E não são ditas.
O silêncio dói mais que tapa na cara.
O silêncio machuca a alma.
E se espalha no vazio do corpo.
Arrastando tudo o que encontrar pela frente.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

2 thoughts on “O Silêncio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s