Em Teus Braços II

Em teus braços II
É você que tira o meu sono.
Perturba a minha paz.
E não me deixa pensar.
É você que tira a minha calma.
Rouba a minha paciência.
E não me deixa raciocinar.
E quando eu penso no fim.
Descubro que ainda nem saímos do começo.
E fico sem saber se avanço ou retrocedo.
Tentando adivinhar o próximo passo.
Sem nem mesmo saber o que faço.
Subjuguei você.
E agora me perdi em teus braços.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s