Flores

Flores I
Flores nascem e morrem.
Assim como as pessoas.
Algumas exalam perfumes.
Outras espetam com seus espinhos.
Assim como as pessoas.
As flores divergem nas cores.
Nas origens.
Nas particularidades.
Assim como as pessoas.
Cada uma com a sua utilidade.
E assim como as pessoas.
Elas não duram uma eternidade.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s