Mais Um Dia

Mais um dia I
Não consigo parar de pensar.
Pensamentos divergem.
Seguem a procura do que nem sabem.
E mesmo assim não paro.
Penso demais.
Ideias sem importância.
Passando o meu tempo com banalidades.
Fujo do principal.
E assim me perco em futilidades.
Quando dou por mim
O tempo passou mais uma vez.
E mais uma vez não fiz o que devia.
Me importei com o que não podia.
E assim deixei passar mais um dia.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s