O Gelo

O gelo
O Gelo mata a minha sede.
Percorre a minha garganta.
Me deixa sem ar.
O gelo congela o meu corpo.
Apaga o meu fogo.
Me faz parar pra pensar.
O gelo derrete as minhas idéias.
Me força tirar férias.
Me deixa irritar.
O gelo mata o meu calor.
Me enche de dor.
E não me deixa amar.
O gelo vai e volta.
Roda e me deixa tonta.
Mas não consigo me separar.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s