De Repente

de-repente
Eu me apaixonei por um diferente a cada final de semana.
Nunca tive apego.
Mas te pedi pra ficar.
De repente o teu cheiro era melhor.
De repente o teu beijo tinha outro sabor.
De repente os outros eram apenas outros.
Não tiveram valor.
Não me fizeram sentido.
E então percebi semana após semana
Que era só você.
De repente tudo fez sentido.
De repente o teu sorriso me fez perceber.
Não era que o meu coração fosse inconstante.
Ele só estava esperando você aparecer.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s