Resistência

resistencia
Com fome e sem vontade de comer.
Talvez seja só tristeza.
Talvez seja a velha dor a assombrar o peito.
O corpo pede alimento,
Mas não se interessa por nada que vê.
E o que se pode fazer em uma hora dessas?
O desespero às vezes vem e bate.
O corpo resiste.
Ele não quer ser levado a nocaute.
Apesar da dor.
Apesar da fraqueza.
O corpo insiste em se manter de pé.
Ele não quer se entregar a tristeza.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s