Partida

partida
Hoje seria o dia de publicar os poemas que fiz em teu nome.
Hoje seria o dia de te abraçar forte e compartilhar a mesma energia que te consome.
Hoje seria o dia para te chamar de meu.
Hoje seria o dia para encostar o meu peito junto ao teu.
Hoje seria o dia de realizar todas as tuas vontades.
De ficarmos acordados até mais tarde.
Hoje seria o dia de te fazer carinho.
De te colocar pra dormir com um cafuné.
Hoje seria o dia que eu seria só sua por completo.
Mas você abriu a porta.
E por um descuido foi embora.
Seguiu o seu caminho.
E me deixou para trás.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s