Avisos


Eu bem que te avisei.
E você não quis ouvir.
Agiu com displicência.
E a vida cedo ou tarde nos cobra.
Os nossos erros nos afrontam.
E se estampam como peças em galerias.
Não tem como fugir.
Eu bem que te avisei.
Agora é tarde.
O passado agora é seu.
Eu nem me lembro mais.
E nem fui eu quem perdeu.
A minha estrada agora é outra.
Eu já te deixei pra trás.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s