Novos Caminhos


Guardo o que passou no meu peito.
Tentando rir de tudo.
Tentando não me importar.
Deixando de te querer.
Querendo não te amar.
As lembranças vão embora.
Os traços do seu rosto
Perdem a nitidez.
E tudo o que eu quero é seguir uma nova estrada.
Me perder em outros caminhos.
Te apagar de vez.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s