Fluxos


De repente tudo passa.
Novamente sensações que se repetem.
Ciclicamente.
Desejos que foram obrigados a mudar.
Vontades que tiveram que passar.
E aquela dor veio lhe fazer companhia.
Perturbando o juízo.
Tirando tudo do lugar.
Parecia que ela nunca mais iria embora.
Mas foi.
Num piscar de olhos.
Como num passe de mágica.
Um dia acordei e ela não estava mais lá.
Nem a dor, nem a saudade e nem as lembranças.
Ele foi apenas mais um que passou pela minha vida.
E que já esqueci.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s