Desembaraço


Sem histórias para contar.
Sem medo e sem amarras.
Sem promessas e planos.
Sem o velho peso nos ombros.
Os dias passam
Cada um com o seu sabor.
Amor e desamor.
Nada é igual.
Nada permanece do jeito que começou.
Não faço planos.
Não me guio em modelos.
Vivo a minha vida.
Sem medo do escuro.
Sem pesadelos.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s