Doce Ilusão


Doce ilusão viver.
Sonhos nascem.
E se desfazem.
Num piscar de olhos.
A vida é imprevisível.
Não há planos.
Ela gira e gira.
Nos mudando de canto.
Planejamos.
Concretizamos.
Realizamos.
Nos frustramos.
Mas sempre vivendo.
Sempre querendo.
A doce ilusão da vida.
Que ela perdure.
Até o último suspiro.
Chegue além da vida.
E nos deixe vivo.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s