Hora de Dormir


Desde que minha razão foi embora.
Fico sentada esperando a hora de dormir.
Desde que meus desejos dispersaram.
Assisto televisão tentando ser feliz.
Vou levando o dia sem surpresas.
Só esperando que anoiteça.
Até chegar alta hora.
Para não ficar acordada alta madrugada.
Desde que você não quis ficar.
Fujo de um lado a outro.
Pra mim não existe lugar.
Espero somente o tempo passar.
Esperando que toda essa dor.
Vá bater em outro lugar.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s