Paixões II


A paixão muitas vezes chega como um tsunami.
Invade todos os espaços.
Devastando tudo.
Água, fogo,
Terra e ar.
Todos os elementos
Se unem e se confundem.
Tornam-se um só.
Um só corpo.
Uma só carne.
A paixão tem dessas.
Chega de repente.
Sem medir a intensidade.
Vem para qualquer um.
Não escolhe sexo, cor ou nacionalidade.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s