Avisos II


Eu me recuso a te perder.
De todos que conheci
Você é o único que não quero esquecer.
A gente às vezes não sabe quando é a despedida.
Eu tenho medo de já ter tido a nossa.
E você bem que poderia ter me avisado.
Eu não desisto sem um adeus.
Você precisa olhar nos meus olhos.
Você precisa me dizer.
Sumir não vai adiantar.
Eu não aceito o seu silêncio.
Eu até respeito
Por um tempo.
Mas de você eu quero mais que um aviso.
De você eu preciso mais que um sumiço.
De você eu preciso olho nos olhos.
Palavra por palavra.
Entender não sei se consigo.
Mas respeito o seu direito de não mais me querer.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s