Dias Sem Sol


Nem sempre se pode ver o sol.
Nem sempre se pode sentir o calor abrasar a pele.
Às vezes os dias são cinzas.
Às vezes a chuva permanece.
O frio congela a alma.
A dor angustia o peito.
Têm dias que o sol não é eficiente.
Têm dias que um abraço seria suficiente.
Têm dias que o que se quer é apenas chorar.
Esperar que o dia passe.
Encontrar alguém para amar.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s