Só Mais Uma Alma


Eu sou mais uma alma atormentada.
Por uma lembrança de um amor que nunca existiu.
Eu sou mais uma pessoa que sonha
Em ter o que nunca lhe pertenceu.
Sonhando e inventando situações
Que nunca aconteceu.
Faz do passado um estilo de vida.
Faz do futuro
Um acalento para alma.
Esquece o presente.
E só vive nele
Por falta de opção.
Sou mais uma alma
Que percorre os espaços
E nunca se encontra onde deveria.
Voa de um lado a outro.
Sempre buscando o que não lhe pertencia.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s