Para O Meu Amor


Há um ano eu nem acreditava no amor.
Há um ano eu estava acostumada com a solidão.
Há um ano eu havia cansado da procura.
Há um ano fiquei com medo de me machucar.
Há um ano vestia uma armadura.
Há um ano havia construído um muro.
Há um ano não tinha expectativa.
Há um ano eu desaprendi a amar.
Mas daí você chegou.
Atravessou o muro.
Desarmou minha armadura.
Me fez perder o medo.
Me ensinou amar.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s