Inseguranças…


Como é difícil te chegar.
Como é difícil me aproximar.
É difícil qualquer contato.
Até mesmo um simples cumprimento.
É difícil quando te falo.
É difícil até mesmo em pensamento.
Uma conversa.
Um toque.
Qualquer sinal.
Uma aproximação.
É difícil também a dúvida.
Mas falta coragem pra descobrir a verdade.
Assim espero pelo nada.
Não existe uma aproximação.
Fico apenas apavorada.
Com medo de levar um não.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada, desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s