Diariamente II


Tenho muito mais amigos que o tempo poderia me dar.
Amizades que não se medem.
Amigos que eu sempre posso contar.
Que estão quando eu preciso.
Amigos que não conto nos dedos.
Não faço soma.
Amigos que levo comigo.
Cada um com o seu jeito.
Cada um com os seus defeitos.
Eu aguento os deles e eles aguentam os meus.
Também servem para isso.
Não só para passar o tempo.
Não só para os bons momentos.
Amigos para todas as horas.
Amigos para toda vida.
Daqui até o infinito.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s