É assim

A gente pensa.
Que as pessoas morrerão de velhice.
Aí algumas nos surpreendem.
Com suas partidas repentinas.
Coração aperta.
Olho mareja.
E não a nada o que fazer.
A não ser chorar de saudade.
Daquele que um dia.
Mesmo que por pouco tempo.
Fez parte de nossa vida.
Ensinando-nos lições.
Ensinando-nos viver.
É assim a vida.
É assim a dor.
É assim a despedida.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s