Regras

regras
Não quero falar de regras.
Talvez de transformação.
Não falo como foi.
Talvez do que era.
E o que ficou depois.
Mudanças desaceleradas.
Mas com um efeito rápido.
O corpo foi mudando lentamente.
Mas foi como se piscasse os olhos.
Assustou.
Mas o que não assusta hoje em dia?
Ontem ela era uma menina.
Hoje…
Como será amanhã?
Mudanças.
Sempre mudanças.
Menina.
Moça.
Mulher.
Mãe.
Foi assim.
Está sendo.
Será amanhã.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s