Quase Nada

Quase Nada
Somos nada além do que poderíamos ter sido.
Somos apenas um deslize
Cometido pela carência que havia existido.
Somos dois mentirosos que fingimos paixão
Por algo que não passa mais que desejo.
Somos uma história mal contada.
Um caso mal resolvido.
No meio de toda essa bagunça
Eu e você
Somo quase nada.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s