Amor de Mãe

Amor de Mãe
Hoje é dia do amor incondicional, puro e verdadeiro. Hoje é o dia daquela que sabe doar sem esperar retorno. Hoje é o dia do ser que daria a sua vida para salvar aos seus. Daquela que não necessariamente gerou, mas daquela que ama, educa, compartilha, torce, ajuda, briga quando necessário.
O amor de mãe é para sempre. Laço indestrutível. Nem o tempo, nem à distância ou até mesmo planos diferentes é capaz de romper. É o primeiro exemplo, o melhor modelo. É primordial, essencial, único e verdadeiro.
O melhor colo que existe. O abraço energético e renovador. É o amor sem fronteiras, sem barreiras, sem limites, sem fim. Às vezes pode até parecer exagerado, excessivo, embaraçante, sem medidas. Mas elas são assim mesmo, sem freio, sem medo. Desesperadas, briguentas, encrenqueiras, cobradoras, chantagistas emocionais de primeira grandeza.
Mãe, aquela de verdade, é tudo igual. Pode mudar o endereço, a cor, o tamanho, a nacionalidade. Tudo o que for físico. Mas todas matam e morrem por suas crias. Abraçam seus filhos na esperança de protegê-los dos perigos e das dores do mundo. Alegram e irritam. Fazem o que for necessário e um pouco mais. E o mais importante: amam acima de tudo.
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s