Das Vidas


Deixar que os sentimentos se expressem naturalmente.
Sem pretensões de se mostrar desnecessariamente.
Seguir os dias.
Acompanhar o fluxo da vida.
Cada passo por vez.
Cada gole por vez.
Viver.
Sem pretensões.
Sem abusos.
Sem máscaras.
Viver.
A vida que se segue.
Que se perpetua em ações.
Em dor e prazer.
Viver.
Sentir
Pulsar o sangue nas artérias.
Viver.
Seu carnaval diário.
Sua fantasia feliz.
Apenas viver.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s