Do Seu Silêncio


Engarrafamentos não seriam problemas.
Filas intermináveis de banco não levariam a minha paciência.
As horas que não passam, seriam apenas lentidão.
Pessoas rudes não me tirariam do sério.
Nenhum contratempo.
Nenhum imprevisto
Seria capaz de levar o meu humor
Se você não me desse o seu silêncio como companhia.
Os dias de chuva, seriam apenas chuva.
Os dias de calor infernal, seriam apenas um dia de estio.
Nem frio e nem calor.
Nem vizinhos chatos.
Nem barulhos ensurdecedores.
Nada disso seria capaz de levar o meu humor
Se você não me desse o seu silêncio como companhia.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s