Existências Felizes


Na areia existe uma praia.
Na fantasia, um sorriso.
No doce, um sabor.
No sorriso, um amor.
Naquele olhar distante, lembranças.
Pensamentos voam ao encontro do ser.
Suspiros e melodias.
Alegrias sonoras do viver.
O cansaço já não importa.
Não é suficiente para prender as pernas
Quando o que se deseja é o encontro.
No movimento existe um objetivo.
Na fala, um assunto.
Na música, poesia a se complementar.
O olhar vai até onde o desejo suspira por um sorriso.
Aquele mesmo que ao me encontrar se abre em ternuras.
Adriana Freitas
A reprodução desse texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s