Sereno

Nem chove mais.
E eu nem vi a hora passar.
E nem percebi o tempo mudar.
Já anoiteceu.
E a chuva cessou.
E eu nem me molhei.
E eu nem brinquei com os seus pingos.
Agora o vento sopra sem a chuva.
Sem frio.
E sem cinza.
Foi só um dia.
E eu nem vi quando acabou.
Adriana Freitas

A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s