Hoje A Noite

maos dadas

Hoje eu nem quero dormir.
Vou esquecer palavras.
Deixar livros abertos.

Eu não choro.
Mas não consigo sorrir.

Tem um pedaço meu
Que foi embora.
E como faz falta.

A minha alegria desapareceu.
Como tudo mais que agrada.

Hoje eu não quero sorrir.
Nem com a comédia mais engraçada.
Não preciso de dramas pra sentir.

Eu realmente não preciso de nada.

Eu queria apenas segurar tua mão.
E dizer como tu me faz falta.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s