Alento


É tempo de amor
É tempo de amar.
Sem conceitos.
Sem gêneros.
Sem fronteiras.
Para amar não é preciso passaporte.
É só amar.
Sem restrição de idade.
De cor.
De raça.
Sem complicações.
Imposições e condições.
Quando se ama.
Não se exige.
Não se pede retorno.
Quando se cobra.
É vaidade.
O amor é outra coisa.
Adriana Freitas
A reprodução do texto está autorizada desde que a fonte/autoria seja citada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s